Parques

    A Cidade de São Paulo, com todas as características e problemas das grandes metró-poles, oferece a seus habitantes verdadeiros oásis em meio a arranha-céus, concreto e trânsito frenético: os parques municipais e estaduais.
    Locais onde é possível encontrar desde espécimes vegetais e animais que aparente-mente não sobreviveriam às agruras da cidade, até diferentes equipamentos culturais, oferecidos, na maioria das vezes, gratuitamente, os parques cumprem também seu papel de espaços de tranquilidade e lazer.
    Sejam quais forem as suas características, os parques têm adquirido e ampliado, cada vez mais, sua importância na vida dos cidadãos. Contamos atualmente com 39 parques, três áreas de proteção ambiental e dois parques ecológicos na área metropolitana de São Paulo.
    Além de peculiaridades de alguns deles, apresentamos uma relação
dos parques por regiões da cidade.
    Para maiores informações, indicamos a publicação Guia dos Parques Municipais de São Paulo, da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente - 2007.

http://vejasaopaulo.abril.com.br , no link Mapa dos Parques da Cidade

Parque do Ibirapuera

    Inaugurado em 1954, em comemoração ao aniversário de 400
anos da cidade, está dividido em duas grandes áreas. Uma delas, voltada
às atividades culturais, inclui o Pavilhão da Bienal, a Oca, o Museu
Afro Brasil, o Planetário, o Auditório Ibirapuera, o Museu de Arte
Moderna e o Pavilhão Japonês. A outra, destinada ao esporte e ao Jazer,
reúne espaços como ciclovia, pista de cooper, quadras, pJa~ground,
praça de jogos e uma casa de leitura.


Parque Estadual do Jaraguá

    Além de reserva ecológica, é de grande importância histórica, cultural 
e turística para a Cidade de São Paulo.
    Muitas mudanças ocorreram desde o século XVI, quando de suas 
terras era extraído o ouro enviado a Portugal.
    Sua área conta com belvederes (pequenos mirantes) e com várias 
opções de lazer, como trilhas, pátios, decks, locais para piqueniques, 
lanchonete, playground, anfiteatro, feira de artesanato e um pavilhão 
de uso múltiplo.
    É importante lembrar, ainda, que ali se encontra a Aldeia do Jaraguá 
Ytu, constituída na década de 1960 com a chegada de uma família de 
índios Guarani que mantêm a língua e os costumes de seu povo. As 160 
pessoas da aldeia sobrevivem do artesanato que produzem.


Parque Estadual da Serra do Mar

    As encostas da Serra do Mar cobertas de Mata Atlântica, a grande 
planície litorânea e o mar azul compõem um dos encantos do litoral 
norte do Estado de São Paulo, com vista panorâmica que se contempla 
do alto da serra, no caminho para Caraguatatuba.
    Com quase 315 mil hectares, desde a divisa de São Paulo com o 
Rio de Janeiro, até o município de Itariri, no sul do estado, passando por 
toda a faixa litorânea, o parque representa a maior porção contínua 
preservada de Mata Atlântica do Brasil. Jequitibás, canelas, cedros, 
jatobás, ipês, guapuruvus e multicoloridos manacás-da-serra são algumas 
das árvores que caracterizam a riqueza da floresta perene úmida 
de encosta, um sinônimo de Mata Atlântica.
    A floresta abriga e mantém inúmeras nascentes que formam os 
riachos e córregos de água pura que fazem parte de importantes 
bacias hidrográficas, como as dos rios Pardo, Guaxinduba e Claro.


Parque Tenente Siqueira Campos 
(Trianon)

    Inaugurado em 1892, por muitos anos foi explorado pela iniciativa 
privada e serviu de palco para muitas festas, bailes e eventos culturais 
da alta sociedade paulista.
    O nome Trianon surgiu porque havia, em frente ao parque, onde 
hoje se situa o Masp, um clube com esse nome. Existia ainda ali um 
belvedere projetado por Ramos de Azevedo, demolido em 1950.
    Em 1924, o parque foi doado à Prefeitura da cidade. Anos depois, 
entrou em decadência e ficou praticamente abandonado até 1968, 
quando foi recuperado por um projeto do paisagista Burle Marx.
    O parque é um refúgio em plena Avenida Paulista. Em meio a uma 
reserva remanes-cente de Mata Atlântica, os visitantes podem admirar 
árvores como o cedro e o pau-ferro e gigantescas espécies, que têm 
diâmetro de tronco com mais de um metro, como a sapopemba, o 
jequitibá-branco e o jatobá.
    O parque conta com um setor de educação ambiental e promove
eventos em conjunto com outras entidades culturais.


Parque Estadual da Cantareira

    Com aproximadamente 8 mil hectares de reserva de Mata 
Atlântica, o parque situa-se em uma área que extrapola os limites da 
cidade. Dividido em três grandes núcleos, o da Pedra Grande é o mais 
popular e onde fica a administração do parque. Há ainda os núcleos 
Engordador e Águas Claras, no município de Mairiporã.
    As trilhas são seu maior atrativo e nelas é possível encontrar animais
como bugio e outros macaquinhos.


Jardim da Luz

    Considerado o mais antigo jardim público da cidade, inaugurado 
em 1825, foi ponto de encontro de famílias e palco de festas, saraus e 
bandinhas que se apresentavam no coreto.
    Em meio a figueiras centenárias, é possível ouvir o canto de várias 
espécies de ave, aproveitar a sombra das palmeiras-reais para fazer 
caminhada nas trilhas e admirar as mais de 30 esculturas espalhadas 
por suas alamedas: Amílcar de Castro e Arcângelo lanelli, Nuno Ramos, 
Elisa Bracher, entre outros, são um deleite para os amantes da arte.


CENTRO

Parque da Aclimação
Parque Buenos Aires
Parque da Luz
Parque Trianon


LESTE

Parque Santa Amélia
Parque Chácara das Flores
Parque Chico Mendes
Parque e Fazenda do Carmo (Área de Proteção Ambiental)
Mata do Iguatemi (Área de Proteção Ambiental)
Parque Piqueri
Parque Raul Seixas
Parque Ecológico do Tietê


NORTE

Horto Florestal
Parque Anhanguera
Parque Estadual da Cantareira
Parque Cidade de Toronto
Parque Estadual do Jaraguá e Pico do Jaraguá
Parque Jardim Felicidade
Parque Lions Club Tucuruvi
Parque Rodrigo de Gásperi
Parque São Domingos
Várzea do Rio Tietê (Área de Proteção Ambiental)
Parque Vila dos Remédios
Parque Vila Guilherme


OESTE

Parque da Água Branca
Parque Alfredo Volpi
Parque Cemucam (Centro Municipal de Campismo)
Parque Luís Carlos Prestes
Parque Previdência
Parque Raposo Tavares
Parque Villa-Lobos
Comments